Facebook trabalha em AI para derrubar transmissões ao vivo com nudez e violência

O Facebook está trabalhando em uma inteligência artificial para retirar do ar transmissões ao vivo que sejam ofensivas e tragam conteúdos como nudez e violência da rede social.

Segundo o desenvolvedor Joaquin Candela, que conversou com a Reuters, o recurso já está sendo testado no Facebook Live. Assim como um projeto para vídeos e fotos com conteúdos que infringem as políticas da rede social, o algoritmo vai reconhecer conteúdos ofensivos e tirá-los do ar automaticamente, sem o auxílio de curadores.

Candela aponta que ainda existem algumas barreiras que devem ser aprimoradas com os testes, como a possibilidade de derrubar vídeos inofensivos por causa de algum erro na detecção feita pela inteligência artificial. Ainda não existem previsões de quando o recurso será implementado em toda a rede social.

Além de vídeos e imagens, o Facebook também usa deep learning para filtrar os reports de conteúdo impróprio enviados pelos usuários. O sistema detecta quais são as requisições que mais aparecem e toma providências e retira conteúdos impróprios do ar.

Um sistema parecido também será utilizado para detectar notícias falsas na rede social. Como anunciado por Zuckerberg no mês passado, o Facebook vai avisar os usuários quando um conteúdo tem fonte duvidosa. Para isso, será criado um mecanismo que vai trabalhar com denúncias de usuários e equipes de checagem de informação.

Via: Engadget
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.