AMD vai focar no relacionamento e placas Vega para reconquistar 50% do mercado de GPUs

Durante uma keynote no Arizona, no evento "Credit Suisse 20th Annual Technology, Media & Telecom Conference", a CEO da AMD, Lisa Su, contou um pouco das perspectivas e estratégias da empresa para o mercado de placas de vídeo, e a executiva se mostrou otimista: de acordo com Su, não há porque duvidar que a empresa possa conquistar 50% do mercado de chips gráficos.

A última vez que a AMD deteve metade ou mais do mercado de placas de vídeo foi em janeiro de 2005, e incluindo na conta o mercado de chips gráficos para notebooks, foi em 2010. A empresa vem apresentando um crescimento nos últimos meses após beirar apenas os 20% de participação de mercado ao longo do ano passado. O principal motor desse crescimento foi a nova geração de placas de vídeo Polaris, focadas no segmento de entrada e intermediário.

Este ganho de mercado está desacelerando com a entrada da Nvidia no segmento com placas de entrada Pascal, caso das GeForces GTX 1050 e 1050 Ti, e agora o próximo passo para voltar a ganhar espaço com as placas Radeon é disputa do segmento de alto desempenho. 

Eu acredito que o mercado está aquecido. Está um excelente mercado. Nossa estratégia de GPUs é participar em todo o mercado. Nós acreditamos que temos as tecnologias, a capacidade, o talento para fazê-lo. Começamos a ganhar espaço com o consumidor e por isso que a Polaris foi tão importante para nós esse ano. E conosco partindo para o segmento high-end com nossa próxima geração com a arquitetura Vega vocês descobrirão que nosso hardware é muito, muito competitivo

- Lisa Su, CEO da AMD

- Continua após a publicidade -

Para Su, não há motivos para não acreditar que a empresa conquiste metade do mercado, porém alertou que será preciso um tempo para chegar lá, e a construção de um bom relacionamento com os consumidores, com os OEM e com o mercado profissional tem sido indispensável nos últimos meses de crescimento. Quanto as placas de vídeo high-end,  já começam a aparecer vazamentos acerca de uma RX 490, modelo que de acordo com rumores será a topo de linha baseada em Vega. Enquanto não há confirmações, circulam as possíveis especificações técnicas dessa placa: 

- 4096 núcleos baseados em Vega
- 14nm FinFET
- Em torno de 12 TFLOPS (a GTX Titan X, placa mais potente por parte da Nvidia disponível, possui aproximadamente 10TFLOPS)
- 8 a 16GB de memórias HBM de segunda geração

A AMD já marcou um evento para falar de Zen, sua nova microarquitetura para processadores, no dia 13 de dezembro. Não está descartada a possibilidade de surgir algo sobre Vega nesse evento, ou a AMD realizar outra apresentação para falar de suas placas de alta performance, que devem dar as caras no começo do ano que vem, segundo os rumores.

Via: TweakTown, WCCFTech
Tags
amd
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.