No Mans Sky não fez propaganda enganosa na Steam, determina autoridade britânica

O órgão independente britânico Advertising Standards Authority (ASA) declarou que o game de exploração espacial No Man's Sky não fez propaganda enganosa em sua página na plataforma de vendas de games Steam.

A denúncia havia sido feita por usuários insatisfeitos com a maneira como o game era apresentado em screenshots, vídeos e texto na plataforma da Valve. Na opinião deles, o material dava a impressão de que se tratava de um jogo com melhores visuais, melhor desempenho e com uma exploração planetária mais envolvente.

A equipe da ASA responsável pela investigação discordou dessas acusações, e concluiu que a página era altamente representativa do que o produto final entrega. No relatório final, eles disseram que era "improvável que consumidores fossem enganados" pelo conteúdo.

O método da investigação foi através de uma examinação direta da página de No Man's Sky na Steam e por sequências do game fornecidas pela própria Hello Games.

Para garantir, os investigadores também jogaram o game, com o intuito de checar de os recursos poderiam ser replicados de maneira facilitada. Outro objetivo era verificar a possibilidade de reproduzir o material dentro dos confins de uma "jogatina média".

Nem tudo são flores

- Continua após a publicidade -

A Hello Games admitiu que as batalhas espaciais em grande escala eram bem menos comuns, mas forneceram um vídeo de gameplay com uma sequência muito parecida com a mostrada promocionalmente.

"Em relação a esses recursos, nós consideramos que a propaganda não retratou imagens que se diferenciassem de maneira significativa das sequências fornecidas pela Hello Games, e portanto é improvável que levasse a enganos", conclui a ASA.

Apesar disso tudo, o órgão reconheceu que a Hello Games fez o possível para mostra No Man's Sky nas condições visuais mais favoráveis para o game.

Além disso, as imagens mostram corpos de água com maior fidelidade visual do que a vista no gameplay, mas isso foi considerado insignificante. Para finalizar, foi determinado que a experiência gráfica e de desempenho varia dependendo do computador do usuário.

Declarações polêmicas não foram analisadas

- Continua após a publicidade -

Claro que, nesse caso, não foram analisadas as declarações bastante controversas e complicadas que o diretor da desenvolvedora, Sean Murray, proferiu em entrevistas. Muitas delas não provaram ser verdade no game final, como você confere no vídeo abaixo:

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.