Vaza lista de preços e modelos de processadores Zen

Diversos sites estrangeiros estão circulando uma lista com os SKUs (Unidade de Manutenção de Estoque, um código para identificar e organizar produtos em um estoque) e respectivos preços de processadores AMD Zen. Na listagem aparecem quatro modelos AMD Summit Ridge, linha que é composta pelos modelos de alto desempenho sem gráficos integrados, com até oito núcleos, equivalentes ao que é hoje a linha AMD FX.

Assim como surgiu em rumores anteriores, os SKUs identificam os processadores como SR3, SR5 e SR7, sendo o primeiro um modelo com 4 núcleos e 8 threads, o SR5 com 6 núcleos e 12 threads e o SR7 como uma CPU com 8 núcleos e 16 Threads, Infelizmente os campos onde seriam identificados os clocks de operação não foram preenchidos. Também e listado um "Special Zen", com custo consideravelmente mais alto que o outro SR7. A tabela mostra:

- AMD SR3 - 4/8 - 65W -  US$ 150
- AMD SR5 - 6/12 - 95W - US$ 250
- AMD SR7 - 8/16 - 95W - US$ 350
- AMD Special SR7 - 95W - 8/16 - US$ 500 

Também está marcada uma pontuação no teste Cinebench R15, um teste interessante de estresse sobre processadores com uso de múltiplos núcleos. O "Special SR7" está marcado como com score "superior a 1300", o que o coloca na mesma balada de processadores Broadwell-E, como o Core i7-6900K. O SR7 apresenta pontuação na casa dos 1300, o que o colocaria em igualdade com o Core i7-6850K. Se esses patamares de performance se confirmarem, a AMD irá entregar CPUs com performance equivalente a modelos topo de linha Intel da linha Exterme Edition por um preço em torno de três vezes menores.

Além da linha Summit Ridge, que representa os processadores de alto desempenho, a linha Zen também será composta por CPUs Bristol Ridge, também baseada na nova plataforma AM4, que contará com menos núcleos de CPU porém trará gráficos integrados. Os processadores Zen estão previstos para serem lançados em 2017.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.