Tesla está alimentando com energia solar uma ilha inteira pra mostrar que é possível

A energia renovável tem desafios para ser implementada, muitos deles relacionados a disponibilidade das fontes da energia. Como praticamente no Brasil inteiro aprendeu recentemente, vento não pode ser estocado para as usinas eólicas nos momentos de pouca movimentação do ar, enquanto a energia solar é uma dor de cabeça por não estar disponível em dias nublados e, obviamente, durante a noite. A SolarCity, empresa comprada recentemente pela Tesla, está realizando um experimento onde mantém uma ilha inteira com energia solar.

A ilha de Ta'u, a mais oriental de Samoa, tem população de 600 pessoas e um problemão: precisava usar geradores à diesel para ter energia elétrica, que consumiam 1.1 mil litros de diesel em 1 hora. além de poluente, o método era muito inefetivo, já que havia o desafio logístico de trazer o combustível para essa ilha remota.

A solução da SolarCity e da Tesla envolve uma usina de energia solar com 1.34 megawatts de energia, com um total de 5.328 painéis solares. Ela resolve a falta de disponibilidade do sol com 6 megawatts hora de armazenamento, composta por 60 Tesla Powerpacks. Esse conjunto garante que a ilha continue com energia mesmo que fique 3 dias sem que o sol "dê as caras", e é capaz de ser recarregada completamente em 7 horas de exposição ao sol.

Fonte: SolarCity
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.