Graças à Black Friday, mercado brasileiro de celulares cresce após cinco trimestres em baixa

A IDC Brazil Mobile Phone Tracker revelou que o mercado de smartphones teve a sua primeira alta no Brasil após cinco trimestres seguidos sem crescimento.

Segundo a consultoria, entre os meses de julho e setembro foram vendidos 12.556 milhões de dispositivos no país -- 11.136 milhões smartphones e 1. 419 milhão feature phones, aparelho sem sistema operacional.

O número é 7,2% maior do que a quantidade de dispositivos móveis vendidos no mesmo período do ano anterior e 4,2% maior em relação ao primeiro trimestre de 2016. Um dado curioso é que o maior crescimento em comparação com 2015 foi o dos features phones: foram vendidos 48.4% mais dispositivos sem sistema operacional neste trimestre de 2016 do que no mesmo período do ano passado.

Segundo a IDC, parte do crescimento está ligado a chegada da Black Friday, que acontece na semana que vem.

"Nem mesmo fabricantes e varejistas esperavam um crescimento nesta velocidade. Podemos dizer que a Black Friday se tornou a data mais importante do calendário para o mercado de celulares”
- Diego Silva, analista de pesquisa da IDC Brasil

Black Friday: smartphones em promoção

- Continua após a publicidade -

Quando o assunto é dinheiro, os smartphones foram responsáveis por movimentar R$ 10.7 bilhões no último trimestre, enquanto os feature phones chegaram a R$ 179.8 milhões. Em relação ao preço dos dispositivos, os aparelhos inteligentes que mais venderam possuem valor médio de R$ 962,96, valor que já representa os aparelhos de intermediários, enquanto o preço dos celulares fica na casa dos R$ 126,65. 

"Os aparelhos que custam até R$ 999 representam 76,1% do mercado total. Porém, notamos um movimento bastante rápido na demanda de modelos premium, por isso, a concorrência dos aparelhos com preço acima de R$ 3 mil está bastante acirrada"
- Diego Silva, analista de pesquisa da IDC Brasil

 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.