Com arquitetura amigável, Nintendo Switch deve receber muitos ports de PC, PS4 e XOne, diz Nvidia

Informações mais concretas sobre o Switch, console de próxima geração da Nintendocontinuam brotando. Desta vez, a novidade não veio da produtora japonesa, mas da Nvidia, a responsável por embarcar um chip de processamento Tegra na plataforma.

COLUNA: O quanto a experiência da Nvidia com a linha Shield nos diz sobre o Nintendo Switch

De acordo com Jen-Hsun Huang, CEO da Nvidia, é bastante provável que o Switch receba diversos ports de games de PC, Playstation 4 e Xbox One em virtude da sua arquitetura amigável e similar aos outros sistemas, algo deve encorajar as desenvolvedoras a lançar seus principais games no futuro console.

A qualidade dos games cresceu significativamente. E um dos fatores de valor de produção dos games que se mostrou possível é porque PC, PS4 e XOne e - no futuro próximo - o Nintendo Switch, têm uma arquitetura comum no sentido de que eles usam GPUs modernas, shaders programáveis e todos têm basicamente ferramentas similares.

O resultado disso é que os desenvolvedores vão poder alcançar uma base instalada [de jogadores] com apenas um único código base e, com isso, podem aumentar a qualidade de produção de valor dos seus games.

No anúncio do Switch, a Nintendo reforçou um grande interesse em consolidar parcerias e se aproximar de produtoras third-party para distribuir franquias multiplataforma no console. Algumas das principais desenvolvedoras que já mostraram interesse em produzir para o videogame são Capcom, Ubisoft, Take-Two, Konami, Electronic Arts, Square Enix e Activision.

- Continua após a publicidade -

O Nintendo Switch está previsto para ser lançado em março de 2017. Alguns dos jogos já confirmados no console são "The Legend of Zelda: Breath of the Wild", "Just Dance 2017" e "Dragon Quest XI". Ainda não existem informações oficiais quanto ao preço do videogame, mas rumores indicam que o modelo mais básico deve custar US$250.  

  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.