Uso de nanorrevestimento poderia ter evitado baterias explosivas do Galaxy Note7

Um dos principais acontecimentos do mundo da tecnologia em 2016 foi o recall dos Galaxy Note 7 explosivos: a Samsung teve que tirar do mercado seu principal aparelho do segundo semestre graças aos problemas de bateria que ainda não foram totalmente esclarecidos.

Samsung pede desculpas pelos problemas com o Galaxy Note7

Porém, segundo um engenheiro da empresa de materiais Forge Nano, o problema e a perda de US$ 17 bilhões poderia ser evitado se a Samsung tivesse adotado um revestimento especial suas baterias.

Falando ao EETimes, James Trevey, vice-presidente de engenharia da Forge Nano, as capas de nanorevestimento da empresa poderiam ter evitado que a bateria do Note7 explodisse. Segundo Trevey, a tecnologia de cátodos nanorevestidos da companhia traz mais durabilidade e suporte para altas temperaturas para baterias, o que seria capaz de evitar que os aparelhos Note7 entrassem em combustão. É claro que o vice-presidente gostaria de "puxar para o seu lado", mas realmente, uma das causas das explosões foi o tipo de revestimento que havia na bateria.


Samsung ainda não sabe o que aconteceu com Note7 e pode atrasar Galaxy S8

- Continua após a publicidade -

A tecnologia de nanorevestimento possui uma patente ALD (atomic layer deposition), que são quimicamente revestidas de cátodos que evitariam que a corrente passasse para "fora" da bateria do aparelho. Trevey disse que "Testes independentes e pesquisas mostraram que a superfície ALD pode prevenir ou reduzir a formação de reações químicas inesperadas e reações exotérmicas das baterias de Íon-Lítio." 

Designer cria skin para fazer iPhone ficar parecendo um Galaxy Note7 explodido

Algo que já foi explicado é que a separação interna da bateria do Note7 apresentava alguns problemas, onde deixou espaço para que houvesse uma reação química e combustão espontânea. A Forge Nano investiu cerca de US$ 20 milhões no desenvolvimento das baterias de nanocátodos e espera expandir a eficiência na fabricação dessas em até dez vezes num curto período de tempo.

Fonte: Hexus
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.