Smartphone que se auto-destrói da Boeing já está sendo testado pela NSA

Desde 2014, a empresa aeroespacial Boeing está trabalhando em um smartphone que se auto-destrói quando cai em mãos erradas e, agora, o dispositivo alcançou uma nova fase de seu desenvolvimento. A companhia, em parceria com a NSA, agência de inteligência dos Estados Unidos, começou a testar o celular para espiões e agentes secretos.

De acordo com o PhoneRadar, alguns agentes da NSA já estão utilizando o Boeing Black como forma de comunicação para testar suas capacidades. O aparelho possui diversos softwares de croptografia que protegem todo o conteúdo enviado e recebido.

Além disso, também possui ferramentas para reconhecer o seu dono e se auto-destruir quando está com outro usuário. Quando cai em mãos erradas, o dispositivo apaga todo o conteúdo em seu interior e fica inoperável.

O smartphone funciona com uma versão modificada do Android, com mais foco em segurança, tem tela de 4.3" com resolução de 540 x 960 pixels, processador dual core ARM-A9 com 1.2 GHz e bateria de 1590 mAh.

Mais informações sobre o Boeing Black estão disponíveis no site da fabricante.

Via: PhoneRadar
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.