Dubladores de games declaram greve: EA, Activision Blizzard e Take Two devem ser afetadas

Agora é oficial: a SAG-AFTRA, sindicato de atores dos Estados Unidos, declarou que vai parar os trabalhos na indústria de videogames a partir desta sexta-feira, 22. Segundo a instituição, os atores farão piquete em frente à sede da Eletronic Arts. Além do estúdio de "Battlefield 1", grandes nomes como Activision Blizzard, Take Two, Warner Bros e Disney também devem ser afetadas.

SAG-AFTRA Members Declare Video Game Strike #performancematters #sagaftramemberhttps://t.co/3Mp0ZG31SY pic.twitter.com/h6pR0g1UDY

— SAG-AFTRA (@sagaftra) 21 de outubro de 2016

As negociações entre o sindicato e os principais estúdios da games estão sendo feitas há mais de um ano, mas como não houve um acordo, o sindicato decidiu parar as atividades relacionadas a jogos eletrônicos.

“Depois de vários meses barganhando com os empregadores, nós não chegamos a um acordo justo para os membros do SAG-AFTRA que trabalham em video games, muitas vezes os mais populares do mundo. Nossos membros foram bem claros, agora é a hora dos empregadores negociarem um contrato moderno que cubra essa indústria tão lucrativa. Quando os empregadores nos deixam sem recursos, precisamos de uma posição firme pelos nossos membros"
- Gabrielle Carteris, presidente da SAG-AFTRA.

Segundo o sindicato, todas as produções que começaram a partir de 17 de fevereiro de 2015 vão sofrer com a parada dos atores, que reivindicam o mesmo salário de produções de filmes. Além de melhora no pagamento, os atores também querem melhores condições de trabalho na captura de voz e movimento, já que poucas informações são liberadas pelas empresas para evitar vazamentos. "Só fiquei sabendo que trabalhava em Fallout 4 um ano e meio após começar", contou o dublador Keythe Farley ao The Los Angeles Times.

Uma das propostas é que os atores recebam um adicional de acordo com o sucesso do game: a cada dois milhões de cópias ou downloads vendidos, os dubladores receberiam um quantia estipulada retirada da renda. Algumas empresas, incluindo a Insominiac Games, argumentaram que a indústria de games é diferente de Holywood e que um pagamento de bônus não faz sentido.

- Continua após a publicidade -

A história deve se desenrolar nas próximas semanas e, caso um acordo não seja fechado, grandes produções devem ter seu desenvolvimento atrasado por causa da parada dos atores. Atualizações sobre o movimento devem ser publicadas no Twitter da SAG-AFTRA.

 

 

Via: Los Angeles Times
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.