Apple diz que 90% dos cabos e carregadores para iPhone vendidos na Amazon são falsos

A Amazon, como qualquer grande site de vendas que agrega terceiros, tem inúmeras ofertas de cabos e carregadores para dispositivos Apple, a maioria sendo sabidamente falsos, mesmo que alguns afirmem ser "genuínos". A Apple, no entanto, foi mais longe, dizendo que 90% dos produtos assim encontrados lá, mesmo dizendo ser da empresa, são falsos, inclusive alguns sendo vendidos diretamente pela Amazon. A maçã está processando uma das principais fabricantes desses componentes, a Mobile Star, e fez a seguinte declaração:

"A Apple comprou recentemente um número de carregadores e cabos (coletivamente "produtos de energia") que estavam sendo vendidos diretamente pela Amazon.com – não um vendedor terceirizado – e determinou que eles eram falsificados. A Amazon informou à Apple que a Mobile Star era a fonte da maioria desses produtos Apple falsificados."

A empresa de Tim Cook vai além, dizendo que esses cabos e carregadores não passam pelos padrões de testes de segurança da indústria, oferecendo perigos para os usuários, como pegar fogo ou fazer os aparelhos super aquecerem, quem sabe até explodirem.

A Amazon respondeu a declaração dizendo que "tem tolerância zero para a venda de produtos falsificados no site. Nós trabalhamos de perto com fabricantes e marcas, e perseguimos os transgressores agressivamente."

O processo da Apple contra a Mobile Star pede a destruição de todos os produtos falsificados, além de uma indenização de US$ 2 milhões por produto vendido.

Fonte: 9to5Mac
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.