Samsung retira do ar vídeo do mod de Galaxy Note7 explosivos em GTA V

O YouTube retirou do ar o mais popular dos vídeos que mostram um mod de Grand Theft Auto V que troca os explosivos do game por um modelo 3D do smartphone Galaxy Note7. O pedido de remoção foi feito pela própria Samsung Electronics America, que parece não ter levado a piada na esportiva, e alegou infração de direitos autorais.

Quem não ficou nada feliz com isso, claro, é o dono do canal onde o vídeo foi postado, que usa o nome de usuário sdaddy345. O seu canal se chama Modded Games e estava começando a ganhar uma certa relevância exatamente por causa do vídeo do Note7 em GTA V. Num tópico no Reddit sobre o assunto, o usuário disse que já entrou com uma contra-alegação. Mas o problema é que ele vai ter que esperar mais de 10 dias para que qualquer coisa aconteça.

"Estou muito desapontado que a Samsung derrubou por alegação de copyright um vídeo que eu fiz 100%... Sem logo, imagem ou sequer a palavra Samsung sendo dita ou mostrada no vídeo", reclamou o usuário. "Foi basicamente a mesma coisa que este vídeo aqui, que é apenas um jogador de GTA V atirando um telefone nos carros e os explodindo".

O Samsung Galaxy Note7 enfrentou sérios problemas durante sua curta vida, com vários usuários relatando ocasiões onde o smartphone pegava fogo e até mesmo explodia. Mesmo depois de um recall ser efetuado, as novas unidades – que não deveriam sofrer do problema – continuaram tendo episódios de pegar fogo e explodir. Isso levou a companhia a encerrar permanentemente a produção do aparelho.

A Samsung foi contatada por alguns sites, mas ainda não respondeu a ninguém sobre o assunto. Até agora, apenas o vídeo mais popular foi derrubado, mas dezenas de outros sobre o mod seguem online, como por exemplo esse abaixo:

Via: Kotaku
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.