Viajar de avião com Galaxy Note7 agora é crime federal nos Estados Unidos

A Administração Federal de Aviação (FAA), uma entidade governamental dos Estados Unidos, proibiu oficialmente que usuários do Galaxy Note7 embarquem em aviões com seus respectivos aparelhos do modelo. Após vários acidentes que envolviam explosões da bateria do smartphone, foi declarado como crime federal viajar em aviões com o Note7.

O fim do Galaxy Note7: Samsung encerra permanentemente a produção do aparelho

A ordem é uma medida emergencial que foi emitida na última sexta-feira em resposta aos problemas do aparelho. A FAA esclarece que passageiros não podem levar seus Galaxys Note7 consigo (como aparelho pessoal), na bagagem de mão, na bagagem usual ou até mesmo como despacho aéreo. O órgão federal ainda alerta que os passageiros desavisados da ordem deverão desligar imediatamente seus aparelhos, e que comissários de bordo ou outros responsáveis têm permissão de tirar o smartphone da posse de seu usuário.

Samsung poderá fazer recall dos Galaxys Note7 que foram consertados

Os passageiros que violarem as orientações e levarem seus Note7 aos aviões deverão pagar uma multa de US$ 179,93 para cada dia que desrespeitarem a regra. Em casos mais graves, a penalidade pode ser de até dez anos de prisão.

Após falhar até mesmo no recall do Note7 a Samsung congelou a fabricação do modelo. Somente por causa do problema com a bateria do modelo, a fabricante calcula uma perda de US$ 3 bilhões no trimestre.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.