Samsung espera perda de US$ 3 bilhões no trimestre após problemas com o Galaxy Note7

Após anunciar o fim do Galaxy Note7, a Samsung está calculando quanto deve perder com o caso do smartphone explosivo, e o montante não é pequeno. Recentemente, a companhia revelou que espera um rombo de US$ 3,1 bilhões nos lucros do último trimestre do ano por causa da retirada do smartphone do mercado.

Este é o segundo corte nas previsões de lucros anunciado pela empresa só nesta semana. A Samsung esperava lucrar US$ 6,8 bilhões no quarto trimestre de 2016, mas graças a falha do Note7, a estimativa passou para US$ 2,3 bilhões. No final do mês, a companhia também deve apresentar novos números,que possivelmente trarão números ainda mais baixos. 

O Galaxy Note 7 é um dos principais smartphones da Samsung e os dispositivos da linha costumam ser o carro-chefe de vendas da companhia no final do ano. Com a saída do aparelho no mercado, a empresa vai investir no Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, lançados no começo de 2016.

A empresa promete que vai trazer "mudanças significativas" nos processos de qualidade para "melhorar a segurança dos produtos". Até a terça-feira,11, quando o Note7 foi retirado de circulação, foram registrados mais de 90 casos em que o smartphone explodiu por causa de problemas na bateria.

A companhia fez um recall de 2,5 milhões de dispositivos, mas desistiu do aparelho após a versão revisada também explodir. Agora, a Samsung começou um recall massivo do Note7 e está oferecendo US$100 de créditos extras para quem trocar o smartphone por outro aparelho da marca. 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.