Peças topo de linha da HyperX marcam presença no PC dos Sonhos Adrenaline

O último fim de semana foi muito especial no Adrenaline, já que a equipe do site finalizou a poderosa supermáquina que é o PC dos Sonhos 2016. O computador topo dos topos de linha traz peças incríveis como o processador mais caro do mercado – um Intel Core i7-6950X de incríveis 10 núcleos e 20 threads. E que custa R$ 8,2 mil.

Quem também entrou nessa jogada foram algumas das melhores peças que a HyperX tem no mercado atualmente. Para começar, o PC dos Sonhos inclui 32 GB de Memórias HyperX Predator DDR4 3000 MHz (4x8GB), que garantem que as outras peças não enfrentarão gargalos.

Já o armazenamento de alto desempenho fica por conta do SSD HyperX Predator M.2 480 GB. Isso é atingido especialmente graças ao uso da conexão M.2, que permite que o produto chegue a velocidades incríveis de até 1.400 MB/s para leitura e de 1.000 MB/s para gravação.

Entenda o que faz o SSD HyperX Predator PCIe ser mais rápido que outros

Além da parte interna do computador, a HyperX também povoou os periféricos. O excelente HyperX Cloud Revolver foi o headset escolhido, graças a sua comprovada qualidade quase impecável de áudio.

Análise: HyperX Cloud Revolver

- Continua após a publicidade -

Para finalizar, o ainda nem lançado teclado mecânico HyperX Alloy FPS fez uma de suas primeiras aparições públicas, depois de seu anúncio na Brasil Game Show 2016. O periférico tem design minimalista e compacto, o que libera mais espaço na mesa – e, consequentemente, dá mais liberdade para a movimentação do mouse.

Sua estrutura é de aço, e foi projetada para ter mais durabilidade e estabilidade. Parte do seu conceito também é ser altamente portátil, o que significa que ele pode ser facilmente levado para torneios, eventos LAN ou onde o jogador bem desejar. Para isso, ele vem junto de uma bolsa de viagem de alta qualidade.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.