Menino de 12 anos consegue dívida de 100 mil euros com o Google usando o Youtube

É comum vermos histórias de crianças que gastam quantias exorbitantes enquanto se divertem jogando games mobile com microtransações, mas a história do jovem de 12 anos José Javier foge desse padrão. O adolescente da Espanha gastou 100 mil euros enquanto perseguia seu sonho: ser um Youtuber de sucesso.

Nesta semana, a família de Javier foi avisada que o garoto conseguiu uma dívida com o Google equivalente a R$ 360 mil utilizando o sistema de anúncios do Youtube. O adolescente entrou na ferramenta Google AdWords e achou que estava monetizando seus vídeos quando, na verdade, estava contratando anúncios para o seu canal.

Em entrevista ao El País, a mãe de Javier, Imma Quesada, disse que o garoto e os amigos queriam comprar novos instrumentos para uma banda com o dinheiro gerado pelos vídeos. Para se registrar no serviço de anúncios, que não tem limitação de idade, o jovem utilizou o número de uma conta poupança aberta para ele pelos pais, que pretendiam guardar dinheiro para projetos futuros como faculdade e carteira de motorista.

Na semana passada, a conta possuía 2 mil euros guardados pelo pai, que trabalha como ambulante e a mãe, que atualmente está desempregada. Com os débitos da publicidade de Javier, a conta ficou no vermelho e com um saldo negativo de 78 mil euros graças as cobranças pendentes enviadas pelo Google.

O banco alertou a família do garoto e, em seguida, o Google foi notificado da confusão. A companhia entendeu que tudo não passava de um caso de criança que não leu os termos de uso na internet e perdoou a dívida do garoto, de acordo com nota liberada na terça-feira.

- Continua após a publicidade -

"Analisamos este caso e não recebemos nenhum dinheiro da parte do usuário. Vamos cancelar o saldo pendente no AdWords. Vários serviços online, inclusive o Google AdWords, possuem restrições de seu uso conforme a idade. Sabemos da importância de se manter o entorno da família seguro na Internet, por isso os pais podem encontrar informações sobre como fazê-lo no Centro de Segurança Familiar do Google"

Apesar de perdoar a dívida, o Google não comentou sobre a facilidade que o garoto teve para gastar 100 mil euros em sua plataforma de anúncios. Na dúvida, sempre leia os termos de uso (ou pelo menos pesquise sobre a ferramenta que você está utilizando). Os pais de Javier contrataram um advogado para cuidar dos detalhes do caso. Pelo menos o menino alcançou a fama, mas não do jeito que queria.  

 

Via: El País
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.