Carregamento sem fio é a nova aposta das empresas para popularizar carros elétricos

A próxima grande aposta das montadoras de veículos para popularizar carros elétricos e autônomos já vai começar a aparecer no ano que vem: carregamento sem fio. Muitas empresas e especialistas da área acreditam que dar ao usuário o conforto de não ter que lidar com fios vai ser um grande argumento de venda para esses automóveis e a Mercedes-Benz pretende ser a primeira a mostrar isso com o híbrido S500e, que sai em 2017.

A BMW está trabalhando em parceria com a Mercedes e pretende trazer a tecnologia em seus carros como o i3 e o i8 em breve também. O BMW i8, aliás, já usa um protótipo da tecnologia, desenvolvida pela Qualcomm, em seu carro de segurança (um i8) que trabalha nos circuitos de Fórmula E. Outras marcas de carros têm planos de trazer suas soluções de carregamento sem fio até 2020.

A Qualcomm, aliás, não é estranha ao carregamento sem fio, oferecendo isso em smartphones há algum tempo. Claro que levar isso para um carro tem outro nível de trabalho, mas a empresa se mostra confiante, principalmente para o futuro:

"Imagine o carregamento sem fio de veículos elétricos sendo tão fácil e tão difundido quanto o Wi-Fi é hoje em dia."
Chris Borroni-Bird, vice-presidente de desenvolvimento estratégico na Qualcomm

A tecnologia, como todas as outras, deve coexistir com o atual carregamento por cabo por um bom tempo, enquanto se torna mais eficiente, mais acessível e mais difundida. Mas os planos para um futuro distante são bem ambiciosos e mais vantajosos do que apenas o conforto extra de não ter que descer do carro para ligar um cabo. Se o carregamento por fio em veículos se desenvolver do jeito que as companhias esperam, ele poderia ser implementado em estradas inteiras, carregando seu carro enquanto você dirige para o destino desejado, ou melhor, enquanto o piloto automático dirige.

Fonte: AutoNews
Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.