Motorola lança serviço de seguro para smartphones Moto Care

A Motorola lançou o seguro de proteção para smartphones Moto Care, que protege contra roubos, quebras acidentais e derramamento de líquidos.

É possível escolher uma modalidade que cobre apenas roubo ou furto qualificado. Nesse caso, o usuário não poderá ativar o seguro em caso de furto simples.

"Entende-se furto simples quando o furto é cometido sem emprego de violência e sem que seja deixado qualquer vestígio, perda, extravio ou simples desaparecimento do bem segurado", explica o site oficial do Moto Care. Clique aqui para conferir o que mais essa modalidade não cobre.

Já a segunda modalidade cuida de quebras acidentais e derramamento de líquidos. Isso inclui, por exemplo trincos na tela ou caso o usuário deixe o smartphone cair na água. Obviamente, essa opção não cobre danos feitos de maneira intencionais.

O usuário também não será indenizado em caso de perda, exposição do equipamento ao calor, por má utilização ou por desgaste natural por uso. Confira o que o seguro não cobre.

Apesar disso, caso uma assistência técnica autorizada analise que é impossível consertar o aparelho, o usuário poderá ser indenizado com um novo.

- Continua após a publicidade -

Para finalizar, tem ainda a última opção, que é uma junção de todas as modalidades oferecidas pela Motorola. Para convencer até quem tem um Moto X Force a assinar o serviço, a companhia escreve:

"A tela do seu Motorola X Force não trinca e nem estilhaça, mas sabemos que imprevistos podem acontecer, por isso essa é a cobertura ideal para seu Moto pois caso ele caia na água garantimos a proteção do seu aparelho". Veja aqui o que essa opção não cobre.

O serviço pode ser contratado para qualquer smartphone da Motorola que tenha até 45 dias de uso, a partir da data de emissão da nota fiscal. O pagamento do plano é mensal e ele é válido apenas em território nacional.

Fonte: Moto Care
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.