Benchmark do Core i7-7700K mostra ganho de desempenho de 15%

O possível primeiro benchmark de um processador Kaby Lake foi colocado no ar, e mostra avanços consideráveis nos processadores. Dados de um possível Core i7-7700K mostraram resultados bem interessantes: a performance apresentou melhorias de 15% em single-thread, com ganhos na casa dos 12% em operações multi-thread.

O Core i7-7700K é o provável topo de linha entre os Kaby Lake, com quatro núcleos e oito threads, e operou na frequência base de 4.2GHz e boost entre 4.4 e 4.5GHz, mostrando que é possível que os processadores da 7ª geração Core cheguem com clocks mais altos. Em comparação, um Core i7 6700K, topo de linha Skylake, tem clock base de 4.0 e boost em 4.2GHz.

O benchmark divulgado é o Geekbench 4, teste multiplataforma de uso geral, e nele o Core i7-7700K pontuou 6131  no modo em que apenas um núcleo está em ação, e 20243 usando todos seus núcleos. No mesmo teste, seu antecessor costuma pontuar na casa dos 5.300 em single-thread e em torno de 18.000 com todos seus núcleos em ação.

A Intel anunciou a desaceleração do Tick-Tock, e a 7ª geração de procesadores Core, codinome Kaby Lake, deixou de ser a que a litografia seria reduzida e passou a ser uma evolução da microarquitetura ainda em 14 nanônetros.

Via: WCCFTech
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Você investiria mais do que o preço padrão por uma edição especial de uma placa de vídeo? Quanto?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.