Zen+ "Gray Hawk": 7nm, consumo de 10W e lançamento para 2019

Enquanto estamos todos ansiosos por novidades da próxima micoraquitetura da AMD, a Zen, a empresa começou a dar detalhes sobre seus processadores da geração seguinte, a Zen+. Começam a circular informações sobre a sucessora do Zen, e essa próxima leva de chips já dão indícios de evoluções muito interessantes.

As novidades são sobre a linha "Gray Hawk", sucessora da "Raven Ridge". Ela é composta pelas APUs, os processadores da empresa com gráficos integrados. A Gray Hawk irá utilizar a litografia de 7 nanômetros, e contará com 4 núcleos e 8 threads. Com previsão de lançamento para 2019, é provável que as APUs venham equipadas com a futura geração de gráficos Navi, inicialmente prevista para 2018 mas adiada em um ano segundo rumores.

A redução de litografia traz benefícios interessantes em termos de consumo, sendo que é possível o lançamento de CPUs Zen+ consumindo apenas 10W. Como comparação, a 7ª geração de APUs da empresa consome entre 15 e 25W em seus produtos no segmento intermediário, como os A10, e só é capaz de entregar consumo na casa dos 10 e 15W em seus produtos de entrada, como o â€‹E2-9010. O principal foco das APUs são os dispositivos compactos, como notebooks, porém também são lançados modelos para desktops.

Possivelmente a fabricação de transistores nesse tamanho ficarão por conta da Global Foundries, que irá "saltar" os 10nm e ir direto para os 7nm, segundo últimas informações divulgadas.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: WCCFTech, HotHardware, TweakTown
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.