Samsung adia relançamento do Galaxy Note7 em três dias na Coreia do Sul

O relançamento do Galaxy Note7 estava marcado para 1° de outubro na Coreia do Sul, mas a Samsung suspendeu a chegada do dispositivo às lojas em três dias. A empresa explicou o atraso dizendo que pretende completar o recall do dispositivo no país antes de começar a vender o aparelho.

De acordo com a Reurters, a empresa vai acelerar o processo de recall e entregar  até 4 de outubro a nova versão para todos os usuários do país que devolveram o modelo que explodia. Alguns dos clientes  que receberam a nova versão relataram que a bateria do Galaxy Note7 revisada traz alguns problemas, como superaquecimento e baixa autonomia, mas a Samsung não comentou que esse seria o motivo do adiamento.

A Samsung anunciou o recall do Galaxy Note7 em 2 de setembro, após diversos relatos de que a bateria do smartphone teria entrado em combustão. A companhia começou a entregar os modelos revisados na semana passada, que possuem um quadrado preto desenhado na bateria e o indicador de carga verde, para diferenciar do modelo defeituoso.

As vendas do Galaxy Note7 serão reabertas na Coreia do Sul em 4 de outubro. Possivelmente o smartphone começa a chegar às operadoras dos Estados Unidos na mesma semana. Por enquanto, ainda não existe previsão de lançamento do smartphone no Brasil.

Via: Reuters
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.