Smartphone "Google Pixel" poderá copiar a função 3D Touch do iPhone

O próximo smartphone da Google, chamado de "Pixel", poderá copiar em parte a função 3D Touch do iPhone. O dispositivo será apresentado em breve, e vai estrear o sistema operacional Android 7.1 Nougat. Rumores recentes dizem que o "Pixel" vai contar com ferramentas que lembram a tecnologia de toque por pressão da Apple, que, obviamente, receberá um nome diferente da concorrente.

Tecnologia 3D Touch transforma iPhone 6s em uma balança virtual

O 3D Touch, prsente nos iPhones 6s e 7, é uma ferramenta que a Apple apresentou em 2015. Essa tecnologia é baseada na force touch, que entrega diferentes interações de acordo com a força com a qual a tela é pressionada. Um exemplo da tecnologia é a possibilidade de ler os e-mails ao apertar de leve sobre eles na caixa de entrada, sem precisar entrar em uma nova página.

Google Pixel XL tem imagens e benchmarks vazados com Snapdragon 820 e Android 7.1

Ao que parece, a Google vai se "inspirar" nessa ferramenta para utilizá-la em seus smartphones "Pixel", mas apenas parcialmente. Segundo o site Android Police, que analisou códigos de algumas funcionalidades do novo aparelho, os ícones de aplicativoes terão uma "sub divisão" dentro neles. A diferença entre os dois recursos é que no smartphone da Google não será necessário aplicar pressão para as opções menores aparecerem.

O Android Police esboçou uma imagem para mostrar como seria o novo recurso. É claro que se trata de especulações, e não se sabe ainda se os aparelhos Pixel e Pixel XL terão um sensor de pressão em seu display.

- Continua após a publicidade -


Como mostrado no trailer de apresentação, o Google Pixel será revelado no dia 4 de outubro durante um evento.

Via: BGR
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.