Para executivo da Microsoft, PS4 Pro e seus 4.2 Teraflops não aguentam "verdadeiro 4K"

O diretor de produtos da Microsoft, Albert Penello, aproveitou mais uma vez a oportunidade de falar mal sobre o PlayStation 4 Pro. Desta vez, ele pegou no pé da capacidade de processamento gráfico do console.

Segundo Penello, os 4.2 Teraflops de desempenho do PS4 Pro "não são suficientes para fazer verdadeiro 4K". Ele ainda disse que o Xbox Scorpio terá menos asteriscos quando estiver falando sobre as suas experiências 4K, em comparação com o PS4 Pro.

"Eu acho que existem várias ressalvas que eles estão dando para os consumidores agora sobre o 4K", disse o diretor de produtos da Microsoft.

"Eles estão falando sobre renderização em xadrez [uma técnica de upscale para 4K] e coisas assim. Simplesmente tem muitos asteriscos no marketing deles em torno do 4K, o que é interessante porque quando a gente pensou sobre o tipo de especificações que queríamos para o Scorpio, nós fomos bem claros que queríamos que os desenvolvedores pegassem suas engines do Xbox One e as renderizassem em 4K nativo e verdadeiro".

Penello disse que a largura de memória e os teraflops do Xbox Scorpio foram escolhidos exatamente para satisfazer o que os desenvolvedores consideravam necessário para atingir 4K nativo.

O diretor de produtos ainda foi perguntando se ele achava que o marketing da Sony tinha sido enganador, mas respondeu: "eu não os estou acusando de nada. Eles foram muito abertos sobre suas ressalvas em relação ao 4K".

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Gamespot Fonte: Eurogamer
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.