Coreia do Norte permite sem querer que o mundo inteiro acesse todos os seus 28 sites

O que supõe-se que seja um grande erro de alguém importante no governo da Coreia do Norte resultou no mundo inteiro conseguindo acessar todos os sites dos servidores da internet do isolado país asiático.

Parece que trata-se de um ambiente extremamente reduzido, que contém apenas 28 sites registrados sob o domínio .kp, que é o utilizado no país. A maioria dos sites pertencem a divisões do governo, como o comitê para relações culturais e a agência marítima.

Também estão na lista as empresas de notícia estatal Pyongyang Broadcasting Service e Rodon Sinmun, o jornal do partido trabalhista de lá.

Entre as notícias estão "Kim Jong-un envia cartões de aniversário para intelectuais veteranos" e "Crimes relacionados a narcóticos aumentam entre jovens da Coreia do Sul".

Para finalizar, a lista ainda contém os sites da empresa de aviação estatal, a Air Koryo, e de sites especializados em filmes e em culinária norte-coreana.

Quem estiver interessado, pode conferir a lista completa neste tópico do Reddit. A descoberta foi feita pelo engenheiro de segurança Matt Bryant, que logo postou os dados no GitHub.

- Continua após a publicidade -

Já Martyn Williams, que é o responsável pelo blog North Korea Tech, disse que ainda existem outros sites contendo material mais sensível ainda estão fora dos limites, exceto para alguns norte-coreanos de maior privilégio.

Via: Guardian, Cnet
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.