Leitor de íris ou digital? Teste mostra qual é o mais rápido no HP Elite X3

O update de aniversário do Windows 10 trouxe para os smartphones com o sistema operacional o suporte para leitor de digitais, o que permitiu ao Windows Central responder a seguinte pergunta: qual o método de autenticação mais rápido: leitor de íris ou digital?

Utilizando o potente HP Elite x3, que possui os dois sensores e roda Windows 10, o site comparou os dois métodos de autenticação biométricos.

De acordo com testes, mostrados no vídeo acima, o sensor de digitais é um pouco mais rápido, e prático. Para acessar o smartphone, basta colocar o dedo na parte traseira, onde está localizado o leitor, que normalmente identifica a digital na primeira tentativa.

Vale ressaltar que a diferença entre a velocidade dos métodos de autenticação não é gigante e que, no final das contas, a decisão do usuário de o que é mais conveniente é o que realmente importa. O leitor de digitais é mais conveniente e discreto, porém, em regiões frias, por exemplo, o leitor de íris pode ser muito útil pra desbloquear o smartphone.

Você pode saber tudo sobre o HP Elite x3 neste link. O Windows 10 Anniversary Update está sendo liberado gradativamente pela Microsoft nos computadores e smartphones com o sistema operacional.

Via: Windows Central
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.