Chinês tenta destruir a internet com as próprias mãos para não ter fotos vergonhosas na web

O que você seria capaz de fazer para tirar aquela foto embaraçosa da internet?  Mudar a privacidade de suas redes sociais? Acionar o direito de ser esquecido do Google? Quem sabe abrir alguns processos? Um chinês da cidade de Weifang resolveu dar um jeito nisso usando força bruta, tentando destruir "toda" a internet com as próprias mãos.

De acordo com o The Nanfang, um homem identificado apenas como "Liu" destruiu quatro módulos de internet óptica de sua vizinhança para impedir que "fotos vergonhosas" fossem parar na internet.

Segundo a publicação, Liu chegou na província chinesa no começo do verão do hemisfério norte em busca de trabalho. Em uma tarde, o homem participou de um evento de dança de quadrilha em praça pública junto com idosos.

Enquanto fazia seus movimentos, o chinês percebeu que algumas pessoas na plateia estavam rindo e fotografando sua dança. Para evitar que as fotos caíssem na web, no final de junho, o homem atacou os módulos de internet para destruir a internet com as próprias mãos.

- Continua após a publicidade -

Segundo o The Nanfang, Liu foi preso em 19 de agosto e condenado a pagar 100,000 yuan pelos danos causados. O The Nanfang ressalta que nenhum vídeo de Liu dançando foi encontrado na internet. Talvez sua tática de destruir a internet tenha dado certo, ou sua dança nem tenha sido tão engraçada assim.

Via: The Nanfang
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.