Este pequeno dispositivo mata 99% das bactérias da água em 20 minutos

Pesquisadores de nanotecnologia da Universidade de Stanford criaram um pequeno dispositivo capaz de exterminar 99% das bactérias de uma garrafa de água em 20 minutos, o que pode ser revolucionário para zonas sub-desenvolvidas do globo que sofrem com a falta de água potável.

Em muitos lugares do mundo, o único jeito de tornar a água potável é fervendo, o que acarreta no gasto de combustível, ou então expondo ao sol, já que os raios UV naturalmente eliminam as bactérias. Porém, o processo natural demora cerca de 48 horas para limpar uma quantidade equivalente a uma garrafa de água.

O dispositivo criado pelos pesquisadores do departamento de energia de Stanford age para acelerar a eliminação de bactérias com a luz do sol. Segundo o estudo, o chip que tem o tamanho de um selo de carta, é feito com camadas de dissulfeto de molibdênio e, ao entrar em contato com a luz do sol,  aciona químicos desinfetantes na água que limpam 99% das bactérias em 20 minutos.

"Nosso dispositivo parece um pequeno retângulo de vidro negro. Nós apenas jogamos ele dentro da água e colocamos no sol, e o sol faz todo o trabalho"
- Chong Liu, pesquisador da Universidade de Stanford

Além de ser bastante funcional, o pequeno aparelho de limpar água pode se popularizar e chegar ao público de forma acessível. O dissulfeto de molibdênio é um material barato de produzir e como o processo não exige nenhum combustível para purificar a água, pode ser uma boa solução para as mais de 650 milhões de pessoas que não possuem água potável ao redor do mundo.

- Continua após a publicidade -

Até agora, foram feitos apenas três testes com a promissora tecnologia, ou seja, os pesquisadores ainda vão trabalhar muito no dispositivo antes de disponibilizá-lo publicamente. Mais informações estão disponíveis na pesquisa publicada pela Universidade de Stanford.

 

Via: Science Alert Fonte: Stanford
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.