Veja comparativos de No Man's Sky no PC vs. PS4 e GTX 1060 vs. RX 480!

O sempre confiável Digital Foundry preparou diversos vídeos com testes comparativos de No Man's Sky para ver as diferenças do game rodando no PS4 e no PC. Além disso, o site também comparou o jogo no PC com um GTX 1060 vs. uma RX 480 e com uma GTX 950 vs. uma RX 460. O vídeo acima mostra o PS4 vs. PC nas configurações máximas.

Como o próprio site bem nota, é óbvio que no computador o jogo vai ter vantagens. O que os técnicos querem destacar no comparativo é que elas não são tantas quanto um usuário poderia imaginar. As texturas são basicamente as mesmas e em algum momento do vídeo o narrador chega a dizer que No Man's Sky no PC é "basicamente a versão do console rodando a 60fps". São 3 as principais vantagens do computador destacadas no vídeo:

- Framerate melhor, dos 60fps em diante
- 16x antisotropic filtering faz uma boa diferença
- O field of view (FOV) é de 75 no PS4 e vai até 100 no PC, podendo chegar até 140 se o usuário fizer um ajuste bem simples

Mas pra quem joga no computador o comparativo que mais interessa segue abaixo. GPU vs. GPU, lado a lado, com os gráficos de framerate, mostrando quem segura melhor o jogo, Nvidia ou AMD:

Por fim, apesar de não ser a experiência ideal para muitos jogadores, os 30fps prometidos no PS4 são segurados com certa tranquilidade na maior parte do jogo. Os problemas acontecem quando o jogador encontra um novo planeta, porque ele precisa ser "gerado" em tempo real. Se ao chegar em um novo local o jogador fizer algo estressante para a GPU como continuar voando em boost sobre o terreno, o que adiciona vários efeitos na tela, algumas quedas podem chegar a framerates abismais de 15fps. Como o pessoal do Digital Foundry explica, isso ocorre porque o jogo não quis fazer um loading de uma vez e tudo é renderizado em tempo real. Parar a nave e pousar vai permitir a estabilização do framerate de volta nos confiáveis 30fps constantes.

- Continua após a publicidade -

Fonte: Digital Foundry (Eurogamer)
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.