Microsoft desiste de "forçar" Windows 10 no Skylake e vai suportar Windows 7 e 8.1

A Microsoft informou que decidiu não encerrar o suporte ao Windows 7 e 8.1 em sistemas com processadores Intel da 6ª geração, a "Skylake", como antes havia dito que faria. Agora os usuários da CPU não serão mais obrigados a atualizar para o Windows 10 para continuar recebendo atualizações e patches nos próximos anos. O suporte estendido para o Windows 7 vai até dia 14 de janeiro de 2020 e para o 8.1 até o dia 10 de janeiro de 2023.

Como parte da sua lista de políticas discutíveis para "incentivar" o update para o Windows 10, a Microsoft informou no início deste ano que sistemas com a atual geração de processadores Intel precisariam necessariamente fazer o update para continuar a receber suporte. Ou, numa situação que pode ser mais problemática, quem comprasse um computador novo com uma CPU dessas não poderia fazer o downgrade do sistema operacional. O prazo final de atualização nessa situação era até dia 17 de julho do ano que vem, momento em que seria encerrado o suporte a Windows 7 e 8.1 em PCs com Skylake.

Mas a empresa também reiterou no seu pronunciamento que a mudança só é válida para a geração atual de processadores e as próximas, tanto a Kaby Lake da Intel como a Bristol Ridge da AMD, vão exigir a versão mais atual do Windows 10 para garantir o suporte.

Fonte: Neowin
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.