Tecnologia 3D XPoint chega a ser até 5 vezes mais cara que NAND, segundo Micron

A tecnologia de armazenamento 3D XPoint, em desenvolvimento pela Intel e pela Micron, vai ser o próximo grande passo depois do NAND flash e deve chegar no fim deste ano ou no início do próximo, na forma dos SSD Optane da Intel que, segundo vazamentos, serão lançados junto com os processadores Kaby Lake. Mas a Micron veio informar que não espera a tecnologia chegando para consumidores comuns tão cedo, já que o seu custo chega a ser até 4 ou 5 vezes maior que do NAND.

Testes já mostraram a velocidade da 3D Xpoint, que pode oferecer até 5,5 vezes mais banda que SSDs baseados em NAND flash. Enquanto a Intel está correndo com seus Optane, a Micron tem planos de levar seus produtos, os QuantX para o consumidor final, na forma de drives SSD 2,5'' para notebooks, sem descartar ainda a chance deles um dia aparecerem em dispositivos móveis. Mas as previsões são para a segunda metade de 2017, ainda com valores elevados, maior presença em 2018 e, em 2019, a Micron espera um grande avanço, segundo o Guru 3D.

Fonte: Guru 3D
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.