Hackers comprovam que ransomware pode invadir até termostatos inteligentes

Testes recentes realizados por hackers comprovaram que ransomwares, vírus que invadem eletrônicos, também podem invadir termostatos inteligentes. Andrew Tierney e Ken Munro, ambos funcionários da empresa de segurança Pen Test Partners, demonstraram isso durante uma conferência de hackers chamada de Def Con no último sábado. A nova descoberta comprova que os malwares não só invadem o PC mas também eletrônicos que pertencem à "Internet das coisas" como aparelhos de TV. 

Ransomware: conheça o vírus que sequestra computadores e pede resgate - e está atingindo o Brasil em cheio

Os dois hackers demonstraram isso explorando um bug no sistema do termostato, mas não declararam publicamente ao fabricante do aparelho. O termostato que eles testaram tem uma tela de LCD e um slot para cartão SD que permite que qualquer pessoa possa personalizar as configurações e o papel de parede do dispositivo. Com isso, os hackers descobriram que o termostato não verifica os arquivos em execução.

 

My Nest thermostat has been locked by ransomware.. It's demanding $300 in 24 hours or it'll lock the temp at 99. #complaintsfromthefuture

- Continua após a publicidade -
— Tal Klein (@VirtualTal) 17 de janeiro de 2014

 

Hospital norte-americano paga US$ 17 mil para recuperar controle de sistema tomado por hackers

Ou seja, a partir desta falha, qualquer cibercriminoso poderia carregar malwares no termostato, disfarçando-o como um arquivo de imagem. Ransomwares são, basicamente, malwares que invadem e trancam os arquivos do computador e em seguida, exigem um resgate, geralmente em forma de bitcoins, para de liberá-los. "Você não está apenas comprando um aparelho [Internet das coisas], você está convidando as pessoas para participarem da sua 'rede' e não tem nem ideia disso", afirmou o hacker Tierney.

Via: Neowin
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.