E lá se vão as ações do Twitter após novo relatório negativo; queda chega a 20%

As ações do Twitter vem caindo faz tempo, e um novo relatório com números negativos voltaram a derrubar o valor dos papéis da empresa. O relatório do segundo semestre desse ano mostraram uma receita na casa dos US$ 620 milhões, valor igual ao do trimestre anterior e um crescimento de apenas 20% em relação ao mesmo período do ano passado. Essa estagnação fica evidente quando comparamos com o ano anterior, quando o crescimento havia sido de 60%. Para o próximo trimestre, a expectativa é de uma receita entre 590 e 610 milhões de dólares, indicando que possivelmente haverá uma retração.


Fonte: Yahoo! Finance

Não é só na contabilidade que a plataforma está com dificuldade de continuar crescendo. No relatório divulgado, a empresa afirmou que no segundo trimestre houve um total de 313 milhões de usuários ativos mensalmente, um crescimento de apenas 3% comparado ao ano anterior. Nos Estados Unidos, o crescimento foi de apenas 1 milhão, comparado aos 64 milhões no Q2. Globalmente a empresa se saiu melhor, com um crescimento de 4%, subindo de 245 milhões no segundo trimestre do ano passado para 247 milhões no Q2 desse ano. Como comparação, o Instagram possui 300 milhões de usuários ativos diariamente, enquanto o Twitter não chega a metade desse valor.

As estratégias mais recentes do Twitter envolvem parcerias para transmissões em tempo real de competições americanas como a liga de basquete e futebol americano (NBA e NFL), além de ferramentas como o "O que está acontecendo", que busca organizar a enxurrada de tweets lançados a todo instante na plataforma de uma forma organizada onde você pode acompanhar grandes eventos em tempo real. A estratégia, porém, já tem diversos rivais como Facebook, Instagram e Snapchat, que também vem apresentando ferramentas e estratégias para incorporar notícias e conteúdos em tempo real em suas plataformas.

 

See what's happening: https://t.co/ChbWRrSJyKhttps://t.co/r9AZd9rzI3

- Continua após a publicidade -
— Twitter (@twitter) 25 de julho de 2016

 

Fonte: Relatório fiscal Twitter
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.