Warner pagou Youtubers como Pewdiepie para falarem bem de Middle Earth: Shadow of Mordor em 2014

Mais um escândalo envolvendo youtubers e conteúdos patrocinados veio à tona. Após dois anos de investigação, a Federal Trade Comission, comissão federal do comércio dos Estados Unidos, concluiu que a Warner pagou Youtubers, incluindo a estrela PewDiePie, para fazerem análises positivas de "Shadow of Mordor" sem avisos claros de que os vídeos eram patrocinados.

Segundo a FTC, os vídeos geraram cerca de 5.5 milhões de visualizações, sendo que 3.7 milhões vieram de Piewdiepie. Em 2014, quando o game baseado no universo de Senhor dos Anéis foi lançado, a Warner deu milhões de dólares para os produtores de conteúdo fazerem vídeos e divulgação no Twitter e Facebook sobre o game destacando apenas os pontos positivos e ignorando eventuais bugs ou glitches.

A FTC aponta que, em alguns casos, os vídeos chegaram a passar por uma pré-aprovação da Warner antes de serem veiculados. A produtora também pedia para que os produtores apenas sinalizassem que tratava-se de uma publicação patrocinada na descrição do vídeo do Youtube, abaixo da barra "Mostrar Mais", como é possível ver no vídeo de PiewDiePie.

Análise - Shadow of Mordor

A falta de clareza na indicação de que o youtuber estava sendo pago para falar bem do game tinha como objetivo levar o público a crer que aquelas eram opiniões próprias do criador de conteúdo. O caso é semelhante ao que envolveu Trevor "TmarTn" Martin e Tom "Syndicate" Cassell, donos de um site de apostas de CS:GO que produziam vídeos sem sinalização para induzir o público a entrar na plataforma.

A FTC não divulgou os nomes de outros Youtubers que estavam envolvidos nos negócios com a Warner além de PiewDiePie. A empresa não receberá uma multa ou punição, mas será proibida de utilizar esse artifício no futuro. 

- Continua após a publicidade -

Via: The Verge Fonte: FTC
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.