Usuários podem ajudar a desenvolver IA da Microsoft jogando Minecraft

A Microsoft anunciou há algum tempo que estava desenvolvendo uma inteligência artificial com capacidade humana de codinome Project Malmo. E a empresa anunciou que a nova iniciativa vai permitir que qualquer pessoa experimente gratuitamente os sistemas que estão em desenvolvimento a partir do mundo virtual de Minecraft. O código fonte da IA está disponível no GitHub

Segundo a Microsoft, essa colaboração é o caminho para criar uma inteligência artificial humana "aumentada". Já que uma IA pode aprender por meio dos erros e melhorar suas decisões. A empresa revela que a IA em desenvolvimento é muito boa para identificar, repetir e aprender padrões, sem ser necessário entendê-los.

Windows 10 se torna sistema mais utilizado por jogadores na Steam

Por isso, a Microsoft aproveitou o investimento no game Minecraft e "jogou" essas configurações dentro do game. O título de blocos se mostrou muito útil para desenvolver a tecnologia, já que todas as ações são "simples" e o sistema consegue entender de forma mais efetiva. Todos os recursos do Minecraft contribuem para a IA crescer, desde a construção de casas, exploração do mapa e interação entre personagens e animais. 

O sistema já tinha acesso disponível desde março deste ano, mas só para desenvolvedores. Agora que está aberto para o público, qualquer jogador pode contribuir. O link no GitHub inclui um tutorial completo de como usar a plataforma. 

Microsoft tentou parcerias com a Sony e a Nintendo antes de criar o Xbox

- Continua após a publicidade -

Por falar em Minecraft, lembrar é viver:

Via: TecnoBlog Fonte: Microsoft
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.