Smartphone de R$ 12 com CPU quad-core e Android 5.1 chega dia 30 de junho na Índia

A companhia indiana Ringing Bells confirmou que o Freedom 251, seu smartphone de 251 rúpias (R$ 12), será lançado dia 30 de junho no país do sul asiático. A data vale para os usuários que compraram o dispositivo na pré-venda.

Ainda não se sabe se o dispositivo entrega uma experiência consistente, mas suas especificações prometem. Ele inclui tela 4 polegadas com resolução 540 x 960, processador quad-core de 1.3 GHz e 1 GB de memória RAM.

Além disso, são 8 GB de memória para armazenamento interno com possibilidade de expansão para até mais 32 GB através de cartão microSD. Para fechar, a câmera traseira é de 8 MP e a frontal é de 3.2 MP. Ele roda Android 5.1 Lollipop, tem suporte a internet 3G e sua bateria é de 1800 mAh.

O CEO da Ringing Bells, Mohit Goel, confirmou que a empresa vai perder cerca de 150 rúpias (pouco mais de R$ 7) a cada unidade vendida no começo. Mesmo asism, as esperanças estão em lucrar, após um certo período, com o volume de vendas, assim que o prejuízo inicial for coberto.

"Nós vamos ter um prejuízo, mas estou feliz que o sonho de conectar os indianos da área rural e os mais pobres como parte das iniciativas 'Digital India' e 'Make in India' foi realizado com o Freedom 251", falou Goel.

Ele diz que a empresa tem 200 mil unidades prontas para enviar aos consumidores. Assim que acabar a pré-venda e ele chegar ao mercado, seu preço vai subir para 500 rúpias (cerca de R$ 25).

Via: Engadget, The Next Web, Indian Express, GSM Arena, Mashable
Assuntos
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.