Oi pede recuperação judicial de R$ 65 bilhões, a maior da história do Brasil, pra não falir

A Oi é a maior operadora de telefonia fixa do Brasil (empatada com a Vivo em 34,4% de participação), mas isso não a impediu de estar à beira da falência. Com uma dívida de R$ 65,4 bilhões, a empresa pediu a maior recuperação judicial da história do país.

Se o juiz acatar o pedido da Oi, os credores da companhia não vão poder requisitar sua falência pelo tempo que durar a recuperação judicial. O período compreende 2 anos, prazo onde a Oi é obrigada a cumprir todas as obrigações definidas pela proposta de sua recuperação. Se as obrigações não forem cumpridas, a falência da companhia será decretada. Caso o juiz não acate o pedido, a empresa segue como está, podendo ter sua falência requisitada pelos credores a qualquer momento.

Para os clientes a recuperação judicial não muda em nada. A recuperação judicial serve mais como uma proteção contra a falência, para obrigar os credores esperarem uma "prorrogação" de tempo pelo dinheiro que lhes é devido. Enquanto o juiz analisa o pedido, algo que costuma durar um prazo de 5 dias, a Oi requisitou uma decisão em caráter de urgência para suspender a obrigatoriedade de pagamentos em série de suas dívidas. Provavelmente saberemos até o final de semana se os pedidos da companhia serão acatados ou não.

Fonte: Folha
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.