Hands-on: Asus Zenfone 3 Ultra, o smartphone gigantão direto da Computex 2016

Depois do hands-on com o Zenfone 3 e Zenfone 3 Deluxe, fechamos a linha lançada na Computex 2016 com nossas impressões do Zenfone 3 Ultra, um phablet com foco em multimídias e feito para quem quer uma tela MUITO grande. Temos aqui um smartphone topo de linha equipado com um display com impressionantes 6.8", ficando naquele limiar entre o que é ser um smartphone e o que já passa a ser um tablet.

Com corpo único de alumínio e antenas invisíveis, ele também traz as mesmas câmeras, de 23 e 8 megapixels do seu irmão Deluxe. Para o processamento, ele vem com Snapdragon 652 de oito núcleos, 4GB de memória RAM e GPU Adreno 510. A bateria do Ultra é mais potente da nova linha de Zenfones. Ela possui capacidade de 4600mAh e, na hora de recarregar, também é compatível com a tecnologia de carregamento rápido Quick Charge 3.0.

O Zenfone 3 Ultra vem equipado com a nova ZenUI 3.0 e Android 6.0 Marshmallow. Entre as principais novidades da interface está a customização para games, widgets animados e centenas de novos temas, teclados e adesivos. A função Game Genie permite fazer streaming de jogos do smartphone no youtube e twitch.

Especificações completas do Zenfone 3 Ultra:

Tela: 6,8” – Full HD - IPS
Processador: Snapdragon 652 – Oito núcleos - 1,8GHz
GPU: Adreno 510
Memória RAM: 4GB
Câmera Traseira: 23 megapixels
Câmera Frontal: 8 megapixels
Armazenamento: Até 128GB
Sistema Operacional: Android 6.0 Marshmallow
Bateria: 4600mAh
Conectividade: Bluetooth 4.2 / USB Tipo-C 3.0 / Leitor de digitais na parte frontal
Preço: A partir de US$479,00

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.