Microsoft concede subsídios às empresas com novos meios para expandir acesso global da internet

A Microsoft está incentivando as startups que querem aumentar o acesso à internet ao redor mundo, e desde o começo do projeto 12 empresas de 11 países já receberam o apoio. A companhia criou a iniciativa Affordable Access (ou acesso viável), que concede bolsas e prêmios para startups que estão produzindo novas tecnologias a fim melhorar a conexão com a internet e levar os recursos necessários às comunidades. A iniciativa pretende "democratizar" o acesso à internet por meio de doações, parcerias comerciais e envolvimento da comunidade.

Microsoft se desculpa por criar robô que aprendeu a ser racista e misógino com a internet

O intuito é descobrir tecnologias inovadoras e aproveitar recursos, como frequências de radiodifusão não utilizadas da TV para expandir a conectividade de internet. Além de novos meios, a Microsoft está apostando em modelos de negócio escaláveis e soluções sustentáveis. O programa financeiro não será o único meio de incentivar essas startups, já que a Gigante de Redmond promete parcerias e a disponibilidade de sua própria equipe de pesquisa e desenvolvimento.

Para economizar com ar-condicionado, Microsoft joga data-center no fundo do mar

"Com mais de metade da população mundial sem acesso à Internet, a conectividade é um desafio global que exige solução criativa de problemas", disse Peggy Johnson, vice-presidente executivo de desenvolvimento de negócios da Microsoft. Empresas africanas distribuidoras de energia renovável estão entre os participantes do projeto. Startups de conectividade da Índia, Estados Unidos, Nigéria e Filipinas também fazem parte da iniciativa. Mas a Microsoft não é a única empresa a se preocupar com a disponibilidade da internet global. O Projeto Loon, da Google, é uma rede de balões que pretende levar conectividade através de viagens pela estratosfera.

- Continua após a publicidade -

Microsoft e Google fazem acordo para competir mais no mercado e menos na justiça

Via: ZDNet
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.