Liyla and the shadows of war, jogo baseado em histórias reais, é retirado da App Store por não ser considerado um game

Update: Após a repercussão do caso, a Apple reconsiderou sua decisão e admitiu "Liyla and The Shadows of War" na categoria games, segundo o designer do jogo Rasheed Abueideh.

Just happening: Apple reconsider its decision, they will publish Liyla as a Game.

Thanks to all of you.

— Rasheed Abueideh (@RasheedAbueideh) 22 de maio de 2016

 

Texto original:

O game mobile "Liyla and The Shadows of War" foi banido da seção de jogos da Apple Store por causa de seu conteúdo político e ambientação baseada em fatos reais. O jogo traz a história de uma garota tentando sobreviver em zona de guerra na Palestina, enquanto o cenário é tomado de ataques com armas militares.

Rasheed Abueideh, designer do game independente, publicou em seu Twitter uma mensagem recebida da Apple, dizendo que o título foi retirado da seção de games e só poderia ser colocado na loja em outras categorias, como Notícias.

- Continua após a publicidade -

Na mensagem, a empresa pede para o desenvolvedor: "por favor, revise a categoria do aplicativo e remova de Games, já que nós consideramos o app inapropriado para a categoria. Seria mais apropriado categorizá-lo como aplicativo de Notícias ou Referências, por exemplo. Além disso, por favor, revise os textos de divulgação do aplicativo para remover qualquer referência dele como game".


Baseado em fatos reais, o jogo traz civis tentando sobreviver na Palestina, enquanto são atacados com mísseis, balas e drones

Levando em consideração o texto da Apple, é possível presumir que o fato de carregar fatos reais colocaria o game como uma forma de reportagem. Por definição, a produção pode ser considerada um newsgame, jogo feito com apuração jornalística, o que continua fazendo do aplicativo um jogo.

Apesar de ser retirado da App Store, "Liyla and The Shadows of War"  pode ser baixado de graça no Android através deste link

Via: Polygon Fonte: Liyla and The Shadows of War
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.