Videogames e smartphones são as áreas mais procuradas para fraudes no e-commerce no Brasil

A empresa de soluções antifraude ClearSale fez um levantamento e montou o "mapa das fraudes" do e-commerce brasileiro, que indicou os games e smartphones como áreas mais procuradas para fraudes no comércio eletrônico brasileiro.

Segundo a companhia, os segmentos de jogos eletrônicos e aparelhos de telefonia móvel estão no topo da lista das fraudes, estando presente em 11% e 10,1% dos casos no Brasil, respectivamente. A pesquisa, realizada entre janeiro e dezembro, também apontou que a cada minutoR$ 3.610,20 foram registrados em tentativas de fraude em compras na internet.


Smartphones são o segundo produto mais utilizado no Brasil para fraudes no e-commerce

Apesar dos números que podem assustar os consumidores, o gerente de estatística da ClearSale Omar Jarouche enfatiza que já existem soluções para barrar fraudes e as grandes empresas de e-commerce já adotam em seus sistemas. Além disso, basta ter cautela e sempre prestar atenção para comprar em lojas online confiáveis.

Veja os impostos que você pode pagar ao comprar em sites de outros países

- Continua após a publicidade -

Apesar dos casos de fraude, os brasileiros estão comprando cada vez mais na internet e, segundo o E-bit/Buscapé, o setor lucrou  R$ 9,75 bilhões no primeiro trimestre deste ano no Brasil, totalizando cerca de 24,45 milhões de pedidos nas lojas online.

 

 

 

Via: ClearSale, E-bit
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.