Apple investe US$ 1 bilhão no serviço Didi Chuxing, principal concorrente do Uber na China

Se existiam dúvidas de que a Apple está interessada em entrar no mercado automotivo, elas foram esclarecidas com o último movimento da empresa: Tim Cook anunciou um investimento de US$ 1 bilhão no serviço de corridas compartilhadas Didi Chuxing, o maior concorrente do Uber na China. O acordo foi revelado nesta sexta-feira, 13, e marcou o maior montante de dinheiro já recebido pela empresa chinesa, que também tem como investidores a Alibaba e a Tencent.

Apesar da quantia ser assustadoramente grande, a Apple pode ter um bom retorno com o investimento. A Didi domina 99% dos serviços de reserva de táxi e 85% das corridas compartilhadas no mercado chinês, que é um dos mais disputados do mundo por causa da população que já passa de 1,3 bilhão de pessoas.


O aplicativo Didi Chuxing permite reservar táxis e, como o Uber, chamar motoristas particulares

Além disso, a empresa chinesa pode trazer tecnologias que ajudem no desenvolvimento do suposto carro da Apple, que possivelmente será elétrico e autônomo. Tim Cook comentou a imprensa chinesa que o investimento foi um movimento estratégico. "Decidimos por este investimento por várias razões estratégicas, que incluem a oportunidade de aprender, em primeiro lugar, sobre vários setores do mercado".

Vale lembrar que a empresa, que é a companhia norte-americana mais bem sucedida na China, está perdendo espaço no país com os iPhones. Além de anunciar sua primeira queda de lucros em 13 anos, o iOS está perdendo fatias de mercado para o Android em diversos lugares do mundo, inclusive na Ásia. O investimento em novos serviços e em áreas distintas pode ser uma estratégia para entrar em novas áreas de atuação.

Quem pode sair perdendo com o movimento da Apple é o Uber, um dos mais famosos e polêmicos serviços de carros compartilhados do mundo. Com o investimento, a Apple se tornará concorrente do aplicativo de corridas, que vem gerando protestos no Brasil. Logo depois do anúncio do acordo bilionário da empresa de Tim Cook, o CEO do Uber, Travis Kalanick, brincou com a situação no Twitter, dizendo que sua namorada é investidora da Apple e, consequentemente, do rival Didi.

- Continua após a publicidade -

 

girlfriend owns @apple shares which makes her a didi investor... #Smh #ridesharewars #domesticissues #thanksALotTim

— travis kalanick (@travisk) 13 de maio de 2016

"A namorada é dona de ações da Apple, o que faz dela investidora do Didi #ProblemasDomésticos #MuitoObrigadoTim"

Via: Reuters
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.