"Founders Edition" passa a ser o nome do modelo referência de placas Nvidia

Durante o lançamento das placas de vídeo de arquitetura Pascal, a Nvidia anunciou a existência de uma "Founders Edition" tanto da GeForce GTX 1080 quanto da GTX 1070. A nova nomenclatura não foi detalhada a fundo durante a apresentação, porém depois foi possível saber um pouco mais do que se trata: a linha será composta por modelos referência da Nvidia, disponíveis através da loja própria da empresa.

Apesar da existência dos modelos da própria Nvidia, o modelo de negócio não mudou: as fabricantes continuarão desenvolvendo projetos próprios e lançando produtos diferenciados, e inclusive elas terão a possibilidade de também comercializar modelos referência. A diferença é que com a venda da "Founders Edition", a Nvidia sempre manterá o seu modelo base disponível no mercado.

Para evitar a "sabotagem" de suas parceiras, a "Founders Edition" chega com um preço consideravelmente acima do preço sugerido. A GTX 1080 tem preço indicado na casa dos US$ 599, enquanto sua versão "Founder Edition" chega por US$ 699. Na GTX 1070 e seus US$ 379 sugeridos, o salto é para 449 dólares. "Um dos principais diferenciais é a qualidade na construção: o VRM é mais estável, o cooler utiliza a tecnologia de Vapor Chamber, que chega a ser superdimensionado para a placa", afirma Alexandre Ziebert, do marketing técnico da Nvidia Brasil.

Em geral, o histórico de produtos da linha GeForce mostra uma performance muito mais interessante nos projetos dos parceiros do que nos produtos referência da própria Nvidia, o que pode fazer o preço não ter muito sentido. Porém, a Nvidia trouxe novos recursos em suas "placas-base", com direito a uma demonstração com GPU operando a 2.1GHz e não passando muito dos 60 graus celsius. Será que as marcas parceiras vão trazer resultados ainda mais interessantes?

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.