"Não sei se os consoles vão continuar existindo como os conhecemos" - afirma Peter Moore, da EA

O chefe de competição da EA, Peter Moore, se juntou às vozes que estão prevendo que o streaming pode trazer o fim dos consoles. "Não sei se os consoles vão continuar existindo como os conhecemos", disse o executivo em entrevista ao Daily Orange.

"Jogos serão acessados por tecnologia de streaming, então não precisaremos de hardwares intermediários entre os dois. Se você e eu quisermos jogar Battlefield 12 um contra o outro, nós vamos apenas pular no jogo em qualquer monitor que tivermos em nossas casas. Vai estar num chip, não numa caixa."

Battlefield 1: veja o primeiro trailer da próxima geração do FPS, que vai acontecer na 1ª Guerra Mundial

Não é a primeira vez que se fala da ideia do fim dos consoles como hardware e a evolução das marcas como um serviço. É possível que em alguns anos comprar um PlayStation ou um Xbox vai significar comprar o controle da empresa e alguns meses de assinatura do streaming. O próprio Shuhei Yoshida, chefe do PlayStation na Sony, já questionou a possibilidade de lançar mesmo um PS5.

Claro que essas previsões são futuras, para quando tivermos um serviço de streaming de games mais confiável e popularizado. Mas já dá pra contar mais um motivo nos milhares contra as franquias de internet.

Via: GameSpot Fonte: The Daily Orange
Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.