Remedy promete consertar Quantum Break no PC, mas não vai adicionar suporte a multi-GPU

Não tem como negar que Quantum Break ficou uma bagunça nos computadores, e a própria Remedy admite isso. A companhia anunciou, através de seu fórum oficial, que está trabalhando para resolver uma série de problemas do game na plataforma.

Entre a lista de bugs e glitches que a empresa buscar corrigir estão as falhas na taxa de quadros por segundo em que o game roda, assim como no chamado "Frame Pacing". Outro ponto a ser melhorado é o desempenho do jogo em geral.

A empresa afirmou que está trabalhando próxima de Nvidia e AMD para resolver isso. Quanto ao bloqueio da taxa de frames, a Microsoft vai dar aos desenvolvedores a opção de desabilitar o v-sync e de adicionar o suporte a monitores com G-Sync e FreeSync, o que não havia antes na plataforma da Windows Store.

Outra coisa básica que falta no game é a opção de sair do game através do menu principal. No momento, os jogadores são obrigados a usar Alt+F4 ou clicar no "X" no canto superior direito, algo que vai ser alterado.

A Remedy ainda vai permitir que os usuários desabilitem opções gráficas que servem uma proposta considerada mais artística, como a granulação de filme, por exemplo. O que não vai ser adicionado é o suporte a multi-GPU, então nada de Crossfire ou SLI. Segundo a produtora, isso tem a ver com a arquitetura da engine do jogo.

Para mais informações, acesse o tópico no fórum oficial da Remedy através deste link.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: TweakTown
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.