275 milhões de aparelhos Android correm risco de privacidade

A Agência de pesquisa de software NorthBit divulgou um relatório que afirma que milhões de dispositivos Android estão vulneráveis à invasões. Segundo a pesquisa da empresa, a preocupação com a segurança está em locais como Stagefright, mediaserver e biblioteca multimídia do Android.

Esta não é a primeira vez que a Google que dispositivos Android correm risco de privacidade. No ano passado, milhões de aparelhos correram o risco de serem explorado através de uma vulnerabilidade na biblioteca. Desde então, a Google desenvolveu vários patches, mas os problemas de Stagefright ainda continuam.

 A NorthBit diz que os dispositivos que executam versões Android 2.2 a 4.0, bem como 5.0 e 5.1 são mais suscetíveis à nova falha de segurança. Além disso, a empresa estima que há cerca de 275 milhões de dispositivos que executam as versões comprometidas, embora seja difícil dizer quantos deles pode estar em perigo. Um dos dispositivos mais vulneráveis é o Nexus 5, além de outros dispositivos que executam stock ROM. Outros modelos incluem HTC One, LG G3 e Samsung S5.

Apesar da vulnerabilidade, hackers não serão capaz de invadir a segurança, a menos que o usuário clique em um link infectado. A empresa sugere que, até a Google lançar a próxima atualização do sistema para corrigir a vulnerabilidade, usuários tomem cuidado ao navegar na web.

{via}The Next Web|http://thenextweb.com/google/2016/03/18/million-of-android-users-at-risk-from-hacking/{/via}

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.