Ashes of the Singularity chega dia 31 de março; game será o primeiro com foco nos recursos do DX12

Ashes of the Singularity, ou como gostamos de brincar aqui na redação, o "DirectX 12 Simulator", ganhou enfim uma data oficial de lançamento. A Oxide anunciou que pretende lançar o game no dia 31 de março. O jogo ganhou notoriedade entre a comunidade de gamers em PCs principalmente por seu desenvolvimento focado nos recursos do DirectX 12, e uma série de testes e betas que possibilitaram a imprensa (incluindo nós) fazer os primeiros testes com a nova API.

Combinando AMD e Nvidia com o DirectX 12; Veja nossos benchmarks em Ashes of the Singularity

DirectX 12 no PC Baratinho: colocamos para rodar o Ashes of the Singularity em placa Nvidia e AMD

O principal motivo que tornou o Ashes em um game importante para entender as otimizações do DX12 foi o próprio estilo do game. O jogo de estratégia futurista exibe uma quantidade massiva de elementos da tela durante os combates, situação em que acontece o "overhead" do processador, pois as CPUs ficam sobrecarregadas com tantos elementos a serem exibidos na tela e passam a "não vencer" o envio de instruções para as placas de vídeo. Resolver esse tipo de gargalo está entre um dos grandes méritos da nova API e de outras novas tecnologias, como a Vulkan.

Outro recurso que deu as caras pela primeira vez nesse game foi a capacidade de combinar placas de vídeo com perfis diferentes. Com o game foi possível colocar para trabalhar em conjunto placas de diferentes níveis de performance e, ainda mais interessante, misturar placas com chips AMD e Nvidia.

Com o lançamento chegando, quem sabe enfim alguém irá publicar o primeiro conteúdo falando sobre como é o jogo em si, e não só os recursos do DX12 que ele irá incorporar. 

- Continua após a publicidade -

{via}PC Per|http://www.pcper.com/news/General-Tech/Ashes-Singularity-Goes-Live-March-31st{/via} 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.