Google faz aposta inusitada para salvar o Google+ e contrata fundador do polêmico 4chan

A Google ainda não desistiu do Google+ e isso por si só já poderia ser uma notícia. Mas a empresa contratou um nome surpreendente para tentar emplacar sua rede social: Chris Poole, mais conhecido como "Moot", o fundador do 4chan

Para quem não conhece, o 4chan é um fórum online que preza, antes de mais nada, pelo anonimato de seus usuários. Sendo assim, ali muitas pessoas se sentem à vontade para expressar opiniões e compartilhar conteúdo que pode ser considerado "polêmico" para dizer o mínimo. O fórum ganhou bastante popularidade quando seus usuários hackearam a nuvem da Apple e divulgaram nele centenas de fotos de celebridades nuas, evento noticiado mundialmente. E que também rendeu a famosa gafe do "hacker chamado 4chan".

Polêmico ou não, estima-se que o fórum movimenta 20 milhões de usuários por mês e todo esse sucesso veio do esforço quase solitário de Poole. O "Moot" fundou o 4chan quando ainda estava no ensino médio e presidiu sozinho o fórum por 12 anos. Ele se "aposentou" da comunidade no ano passado e, agora, vai trabalhar para alguém pela primeira vez, a Google.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.