Asus lança GTX 950 sem conector de energia, e o PC Baratinho ganha potencial upgrade futuro

Já corriam rumores que placas equipadas com o chip GM206 poderiam chegar sem a necessidade de conector de energia, e a Asus é a primeira das fabricantes a entregar um produto com esse perfil, uma GeForce GTX 950.

As placas GeForce GTX 950 chegaram com TDP de 90W e um conector de 6 pinos garantindo a alimentação. Uma otimização na operação da GPU desse modelo da Asus conseguiu manter o TDP na casa dos 75W, um consumo de energia dentro do que o próprio slot PCIe é capaz de prover e, por conta disso, dispensa alimentação adicional. Curiosamente não houve redução de frequências: o modelo da Asus traz um clock de 1051 com boost para 1228 MHz, enquanto o modelo referência da Nvidia opera em 1024MHz com boost para 1188MHz.

Esse diferencial do TDP que dispensa a alimentação pela fonte torna esse novo modelo da GTX 950 pela Asus uma forte candidata a um possível futuro upgrade no PC Baratinho, já que vai ajudar a economizar na capacidade da alimentação.

Apesar do aumento considerável no custo, sendo que a GTX 950 é encontrada por aproximadamente 200 reais a mais que a GTX 750Ti que hoje equipa o Baratinho, se algum game apertar mais a performance, ela pode ser o ganho necessário para conseguir rodá-lo.

- Continua após a publicidade -

Lembrando que o PC Baratinho já passou aperto por limitações de GPU em The Witcher 3, onde rodou no mínimo, e o Rise of the Tomb Raider e AC: Syndicate, onde foi preciso jogar em 900p. 

{via}Wccftech|http://wccftech.com/asuss-latest-geforce-gtx-950-graphics-card-requires-6pin-connector-features-1228-mhz-boost-clocks/{/via} 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.