Qualcomm lança Snapdragon Wear, nova plataforma para dispositivos vestíveis

A Qualcomm anunciou uma nova plataforma chamada Snapdragon Wear, focada em dispositivos vestíveis que irá incluir software, projetos de referência e o SoC Snapdragon Wear 2100. Segundo a empresa, "a maioria dos Android Wear atuais são alimentados por processadores Snapdragon 400, mas a plataforma Snapdragon Wear junto ao Snapdragon 2100 vai oferecer vantagens significativas para dispositivos portáteis em comparação com o Snapdragon 400".

A empresa revelou que o Snapdragon 2100 terá um "desgaste" 30% menor e consumo de 25% a menos de energia do que o Snapdragon 400. A nova plataforma também apresenta um sensor integrado com uma "potência maior" do que o SoC utilizado em smartwatchs Android. O hardware traz um modem LTE de próxima geração com GNSS integrado, com Wi-Fi e Bluetooth.

Audi usará chips Qualcomm Snapdragon 602A em seus veículos a partir de 2017

O Snapdragon 2100 SoC suporta Android e Android Wear, e é destinado a todos os tipos de dispositivos portáteis, incluindo smartwatches, smartbands e smartglasses. O novo SoC da Qualcomm e o resto da plataforma Wear Snapdragon estão disponíveis hoje para OEMs. A LG já manifestou a sua intenção de utilizar a plataforma em um futuro próximo para smartwatches e outros vestíveis. 

A Qualcomm é uma das principais fabricantes de SoCs no mercado, hardwares usados em dispositivos móveis.

- Continua após a publicidade -

{via}Toms Hardware|http://www.tomshardware.com/news/qualcomm-snapdragon-wear-platform,31191.html{/via}

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.