Netflix termina de mover todos os seus dados para servidor da rival Amazon

O serviço de streaming de séries e filmes Netflix terminou de mover todos os dados de seus antigos servidores próprios para um lugar bem inusitado: o Amazon Web Services (AWS), o serviço de computação em nuvem da empresa de comércio eletrônico.

O que torna a decisão inusitada, claro, é o detalhe de que a companhia possui o Amazon Video, serviço de video on demand que serve como concorrente do Netflix. Não que isso seja um grande problema no mundo da tecnologia: basta ver como a Samsung fabrica processadores para a Apple, apesar da rivalidade no mercado de smartphones.

Uma das grandes vantagens que aponta-se que a Amazon vai tirar do negócio é a possibilidade de, com o crescimento do Netflix, encorajar mais pessoas a cancelar suas assinaturas de TV à cabo. Ou seja: mais gente assinando serviços de streaming. Além disso, a grande base de usuários do Netflix também significa belos ganhos diretos para a Amazon, pelo uso do AWS.

O processo para mover os dados começou lá em 2008, quando o Netflix ainda era um negócio de aluguel de DVDs. Na época, uma falha no servidor fez com que o serviço ficasse fora do ar por 3 dias.

{via}Engadget|http://www.engadget.com/2016/02/12/netflix-uses-amazon-servers/{/via} 

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.